domingo, 27 de novembro de 2011

Intitulada Tristeza.

Toda criança sabe bem quando está triste, quando escuta um não, quando não lhe é dado o direito da explicação... Mas quando nos tornamos adultos, esquecemos quando fomos felizes.
Creio que a tristeza, os dias difíceis, a falta de coisas simples e poucas, tem me feito pensar no quanto a tristeza também é benéfica a minha vida... Querendo ou não, consegui tudo o que consegui lutando por uma felicidade intensiva que nunca vinha.
Passei momentos de muita dor, muita mágoa... Perdi algumas vidas que são numericamente impossíveis de contar... impossíveis de explicar. Passei por momentos drásticos na vida amorosa, por atitudes que até hoje não sei se foram boas ou realmente ruins pra mim...
A verdade é que todos os momentos difíceis me transformaram no que eu sou. Não que eu não de valor aos momentos bons, aos que recompensam. Mas o fato é que não perco de vista todo o sofrimento, pois ele me fez enxergar o valor de tudo que vivi, de tudo que conquistei e de tudo que ainda tem por vir...
Se não fosse a vontade, o desejo de realizar meus sonhos, sonhos humanos, não iria lutar.
E se não lutasse, já não seria eu.

Um comentário:

  1. A los interesados,

    Los invito a la Nueva Publicación del blog Fala Sério Habla Serio.

    Movilidad Urbana: mejor en bici el sistema de alquiler público de bicicleta del Gobierno de Ciudad de Buenos Aires.

    La dirección es: http://falaseriohablaserio.blogspot.com/

    Saludo a todos y buen día,
    Gustavo.

    ResponderExcluir